O que é e como calcular a cubagem dos produtos?

Compartilhe esse post:
cubagem - capa

*Guest post por Tray.

Veja como calcular a cubagem de produtos para otimizar sua logística. Entenda como isso pode ajudá-lo a reduzir impacto e custos

Você já ouviu falar no termo cubagem? 

De fato, esse é um termo mais utilizado no meio logístico. Entretanto, para quem vende on-line, é importante saber mais detalhes sobre esse vocabulário para não se perder em conversas com negociações com transportadoras.

Basicamente, cubagem é um cálculo matemático que possui como principal objetivo a economia de espaço. Ou seja, é a otimização da capacidade de carga de carretas e caminhões. 

Esse termo é bastante utilizado em empresas de carga e transportadoras, especialmente pelos operadores logísticos.

Continue lendo este artigo e descubra mais detalhes sobre a cubagem e também como calculá-la. 

O que é o cálculo de cubagem?

Como citamos durante a introdução, a cubagem no processo logístico é responsável por calcular e definir o volume que determinada carga (produto) ocupará em veículo. 

Esse cálculo é essencial, uma vez que nem sempre existe uma relação proporcional entre o peso e o tamanho da carga. Por isso é calculado o peso cubado. Assim, o espaço é usado da melhor forma e com mais segurança, pois, existem itens de volume pequeno, mas que são muito pesados! Assim como um grande volume pode ser bem leve. 

Desta forma, o cálculo de cubagem é muito importante para o planejamento logístico. Visando economia de tempo, recursos e melhora da segurança do transporte, o resultado do cálculo ajuda a planejar o carregamento. 

Logo, com o planejamento do que será transportado, os responsáveis pela operação evitam que o veículo faça seu trajeto com espaços vazios ou com muitos produtos apertados — o que pode, inclusive, gerar danos ao produto transportado. 

Consequentemente, os custos de fretes são reduzidos porque a transportadora consegue otimizar o trajeto, levando mais produtos de uma vez, sem prejuízos. 

Como calcular cubagem de produto?

Existe uma fórmula para chegar no resultado da cubagem de um produto/encomenda/pacote. Confira como calcular: 

Fórmula: comprimento X altura X largura

Vamos a um exemplo prático? 

Imagine um produto que foi embalado e enviado à transportadora. Com a embalagem finalizada, essa encomenda tem 60 cm de altura, 80 cm de largura e 40 cm de comprimento. A cubagem chegará ao resultado com o volume:

0,60 m x 0,80 m x 0,40 m = 0,192 m³.

Neste caso, a embalagem final tem 0,192 metro cubado.

cubagem - interna

O que é o fator de cubagem?

Outro ponto interessante sobre esse assunto é o fator cubagem. 

Identificamos um número constante usado para formar um metro cúbico dentro do transporte como fator cubagem. Esse número é definido com base em todos os fatores ideais do transporte de carga. Sendo assim, possui números específicos para cada modal:

  • 300 kg/m³ no rodoviário;
  • 166,7 kg/m³ no aéreo;
  • 1.000 kg/m³ no marítimo.

É importante ter em mente esses números, pois eles garantem que não haja nenhuma divergência na cobrança do frete. Esse cálculo é feito no maior valor entre o peso bruto e o peso cubado. 

Desta forma, o planejamento de carga é feito e aplicado para melhorar a disposição dos volumes dentro do veículo. 

Diferença entre cubagem, volume e peso cubado

Descubra a diferença entre os termos e como utilizá-los na prática. 

Cubagem

Cubagem e volume são sempre confundidos devido ao cálculo ser feito da mesma forma. 

Porém, não se engane! Utilizamos o termo cubagem para nos referir ao espaço que o produto X ocupará dentro do veículo selecionado. Com esse cálculo, é feito o planejamento para a distribuição da carga. 

Com isso, destacamos que o volume tem uma definição diferente. Confira no próximo tópico.

Volume

Já o termo volume pode ser definido como a relação entre as dimensões do objeto. Basicamente, a fórmula apresentada anteriormente neste conteúdo.

Peso cubado

Por fim, temos o peso cubado, que é utilizado para que as transportadoras e empresas de logística consigam precificar o envio sem prejudicar nenhum dos lados envolvidos. É a forma mais justa de realizar essa precificação. 

Já que, como citamos anteriormente, não é porque uma embalagem é grande que, necessariamente, ela pesa muito. Se a transportadora considerar apenas o tamanho da caixa, será cobrado um preço mais alto do que o necessário. De fato, ela ocupará mais espaço, entretanto, não irá interferir no peso limite que pode ser transportado por aquele veículo. 

Por sua vez, o peso cubado é calculado utilizando a mesma fórmula que destacamos no tópico Como calcular cubagem de produto. Basta acrescentar o fator cubagem no final:

Fórmula: comprimento X altura X largura X fator de cubagem

Vamos verificar mais um exemplo prático:

Dimensões da embalagem: 0,60 m x 0,80 m x 0,40 m.

Transporte rodoviário: fator cubado de 300.

Neste caso, o peso cubado da embalagem seria: 0,60 m x 0,80 m x 0,40 m x 300 = 57,60 kg.

Dica para embalar seu produto

Viu como as dimensões da embalagem podem impactar no valor do frete? Para garantir que o valor de seu frete seja o mais otimizado possível, existem algumas soluções para adotar no momento do envio, mas a principal dica nessa hora é: 

Não utilize caixas de papelão muito maiores do que o produto 

É importante que o produto seja enviado ao cliente da forma mais confortável e segura possível. Entretanto, não exagere no tamanho das caixas. 

Faça o planejamento de envio e verifique qual a melhor forma de encaixar os produtos na embalagem. Além disso, procure usar papel para ocupar espaços vazios e reduzir as chances de impacto durante o transporte. 

Gostou do conteúdo? Vale a pena ressaltar que as regras valem para vendas feitas em qualquer canal, seja diretamente em sua loja virtual e também através dos marketplaces.

Leia também:

Estoque de loja: como criar um e organizar seus produtos?

4 passos para criar um relatório de vendas no Excel

Como fazer um atendimento online com excelência?

Compartilhe esse post: