Estoque de loja: como criar um e organizar seus produtos?

Compartilhe esse post:
estoque de loja - capa

Gerenciar um estoque de loja pode parecer difícil, mas com algumas práticas de organização esse trabalho fica bem mais fácil

Organizar os produtos costuma ser uma grande dificuldade para quem deseja montar ou ampliar um estoque de lojas virtuais, seja nos marketplaces ou em outros canais de venda no e-commerce

Algumas perguntas que os lojistas costumam se fazer são: 

  • Qual variedade de produto comprar? 
  • Qual variedade de cores? 
  • É preciso adquirir uma  grade de tamanhos? 
  • Como saber a quantidade de cada produto? 

Essas dúvidas são muito comuns e geralmente estão relacionadas a uma questão simples: nesse momento é preciso priorizar a quantidade ou a variedade de produtos no estoque da loja? Ter poucas peças disponíveis de muitos modelos ou poucos modelos com muitas peças disponíveis?

Caso precise optar por ter 10 peças de 5 modelos ou 5 peças de 10 modelos, escolha a primeira opção por um motivo simples: quando um produto começa a ter bastante saída e se esgota antes do planejado, isso acaba paralisando as vendas e prejudicando o empreendedor.

Antes de mais nada, você precisa aplicar uma estratégia de validação em seu negócio. A princípio, esta técnica busca testar a adesão do público a um produto. 

Comece com uma linha ampla de variedade. A sua lista inicial precisa ser mais enxuta e o nosso conselho é para selecionar, no máximo, os 10 principais produtos que a sua audiência está precisando e sem grandes variações dela. Agora, pegue uma folha e anote os 10 produtos que você pode vender para um determinado público e comece a procurar pelos fornecedores.

Conheça bem sua persona

Um dos primeiros passos a serem cumpridos no planejamento de um negócio, é conhecer muito bem o seu público e criar uma persona para ele. Você precisa ter em mente que seus produtos precisam atingir este público em específico e, para isso, é preciso mapear as suas principais características.  

Para construir a sua persona é necessário criar um personagem, atribuindo algumas características, como nome, idade, profissão, gostos, hobbies etc. E essas informações você deve colher do seu próprio público, através de pesquisas. 

Com todas essas informações em mãos, você conhecerá melhor o seu cliente e conseguirá customizar o estoque da sua loja com o perfil correto e suas preferências. Com base na persona do seu negócio, você saberá qual o tipo de item que deve ter a mais em seu estoque.

Além disso, também vale observar que o fator variedade não é tão poderoso quanto parece, pois se você entende bem as características do seu público-alvo, pode contemplar os gostos da clientela sem precisar de um portfólio excessivamente amplo de produtos. 

estoque de loja - interna

Por que investir em quantidade e não em variedade? 

A variedade não vai aumentar a sua demanda e nem o movimento do seu e-commerce. Ter 500 opções de produtos on-line não aumenta o seu tráfego e nem as suas possibilidades de venda. O que você realmente precisa é de produtos-chave em seu portfólio e que seja construído um caminho de venda até eles. Este caminho é quando você constrói uma forma de vender o produto com constância e sustentabilidade. 

Uma vez que você fez todo um trabalho para vender o produto em seu site, ele começa a gerar tráfego porque aplicou as técnicas de SEO e indexação de palavras-chaves. Outros sites começam a referenciar o seu produto e sua loja está melhor posicionada dentro do marketplace. Dessa forma, este item terá uma demanda forte e perpétua, sendo muito importante ter estoque quando o seu cliente procurar por seus produtos. 

Caso você venha a ter poucas unidades, ou o estoque da loja acabe e a reposição não seja imediata, você está deixando de atender a demanda gerada de forma gratuita para o seu negócio. Com isso, passa a perder dinheiro. O ideal é trabalhar com o estoque mínimo. 

O que é estoque mínimo?

O estoque mínimo, também conhecido como estoque de segurança, é um indicador que corresponde à quantidade mínima de mercadorias que precisam ser mantidas pela empresa. É equivalente ao lead time do ponto de compra, a fim de evitar o desabastecimento e o excesso de produtos estocados.

Estabeleça dentro do seu ERP ou controle no Excel a quantidade exata de seu estoque mínimo. Quando o produto atinge este nível,você deve gerar um pedido de compra para o seu fornecedor para que o produto chegue no tempo certo para suprir as demandas.

O que fazer se seu estoque segue temporadas ou coleções? 

Quem trabalha com coleções de produtos, caso de muitos empreendedores do segmento de moda, por exemplo, é preciso priorizar a variedade frente a quantidade de cada peça. Mesmo assim, a dica é para que você considere incluir linhas de produtos perpétuos em seu portfólio. A longo prazo, essa estratégia trará vantagens competitivas importantes para o negócio.

Como organizar o estoque da sua loja?

A organização e a arrumação de um estoque devem estar vinculadas a área física existente e ao que pretendemos armazenar, e devem ser efetuadas da seguinte maneira:

  • Armazém – pode ser identificado por letra ou número (alfanumérico).
  • Quadra – pode ser identificada por letra ou número.
  • Rua – identificada por letra ou número.
  • Prateleira – identificada por letra ou número.
  • Gaveta – número.
  • Área externa – número ou letra.
  • Araras – identificado por ano, coleções, modelos e tamanhos. 

Se esse conceito for aplicado por sistema eletrônico, ele permite a identificação do material de forma fácil e rápida e em certas situações, como identificar um único item, um armazém, uma quadra e assim por diante. 

Terceirização pode ser uma boa solução

Quem vende em marketplaces, por exemplo, podem contar com serviços importantes destes sites, que vão ajudar na estocagem de boa parte de seus produtos. A B2W Marketplace, por exemplo, possui uma solução para seus parceiros que buscam reduzir custos operacionais e de atendimento: o B2W Fulfillment.

Essa é uma solução logística completa para quem vende na plataforma, que faz a  gestão do estoque, desde o armazenamento até o atendimento pós-vendas para os clientes. É uma forma fácil e barata dos parceiros garantirem alta performance operacional, melhor prazo de entrega e valor de frete (que conta com o subsídio de 60% para os itens que estão dentro da Política de Frete Grátis).O serviço está, temporariamente, gratuito para os lojistas parceiros. 

Se você vende na B2W Marketplace e ficou interessado, basta preencher o formulário abaixo, que a nossa equipe entrará em contato. 

Leia também:

O que é logística e como gerenciar sua operação?

O que é FIFO, LIFO e FEFO?

Como diminuir as perdas e avarias em seu estoque?

Compartilhe esse post: