Como emitir nota fiscal em São Paulo?

Compartilhe esse post:
emitir nota fiscal em São Paulo - capa

A NF possui particularidades entre cada região. Neste artigo explicamos como emitir nota fiscal em São Paulo para a venda de seus produtos

Emitir nota fiscal é requisito básico para atuar na maioria dos canais de vendas on-line. Seja em um e-commerce próprio ou no marketplace. Mas você sabia que o caminho para essa emissão não é, necessariamente, o mesmo para todos os lugares? Isso mesmo, emitir nota fiscal em São Paulo não é como emitir em Minas Gerais, por exemplo. 

E essa diferença de processos, muitas vezes, confunde o empreendedor quando ele vai fazer uma busca na internet para entender como funciona a emissão de nota fiscal. É comum recebermos essa dúvida em nossos canais de contato, como as redes sociais, comentários em vídeos do nosso canal do Youtube.

Por isso, hoje, vamos explicar o que você deve fazer para, então, conseguir emitir uma nota fiscal. Vamos falar sobre o processo de São Paulo, já que é o lugar que mais pedem detalhes para a gente. 

Quer aprender a emitir nota fiscal em São Paulo? Então, acompanhe o passo a passo abaixo:

Para emitir nota fiscal é preciso de…

A nota fiscal é uma obrigação do lojista e um direito do cliente. E como já falamos, ela também é um requisito básico para que você atue nos maiores marketplaces do Brasil e caso decida ter uma loja própria. 

Antes de dar início ao processo de emissão, é importante verificar se você tem uma inscrição estadual e se o seu CNPJ está ativo, seja como MEI (Microempreendedor Individual) ou ME (Microempresa). 

Estes são pré-requisitos básicos em todo território nacional. 

Caso você não tenha e seja MEI, consulte o Portal do Empreendedor e veja todas as orientações de como abrir seu CNPJ e Inscrição Estadual.

emitir nota fiscal em São Paulo - interna

Como emitir nota fiscal em São Paulo

Quem tem uma loja on-line precisa, também, emitir a NF-e, ou seja, a nota fiscal eletrônica. Ela é enviada por e-mail ao cliente assim que a compra é aprovada e processada pelo sistema.

Para solicitar o credenciamento da sua NF-e no estado de São Paulo, é preciso ter sua senha de acesso ao Posto Fiscal Eletrônico – PFE. A senha é única por CPF, independentemente da quantidade de empresas que participem, e você não paga nada por ela. 

Para pedir a sua senha, acesse o site da SEFAZ de São Paulo. Na página inicial, vá ao menu à esquerda e clique em downloads. Depois, em manuais e, em seguida, em requerimento de senha online.

Você deve preencher o documento e anexar uma cópia do seu RG e CPF, além do comprovante de MEI. Preencha, também, quando você deseja entregar a solicitação no Posto Fiscal. Esta etapa precisa ser feita presencialmente. Clique aqui e veja o Posto Fiscal mais próximo. 

Pronto! Agora você está a um passo da sua senha. Ao entregar a solicitação, você a receberá e já poderá usá-la. 

Utilizando o mesmo usuário e senha do Posto Fiscal Eletrônico, você vai acessar o site da SEFAZ/SP para credenciamento de NF-e. Pronto! Se você é MEI, já vai estar habilitado para emitir nota fiscal eletrônica.

É importante lembrar que você precisa ter um sistema emissor de NF-e. Ele que vai fazer todo gerenciamento das suas entradas e saídas e é essencial que ele esteja conectado ao seu meio de pagamento. Existem diversas opções de emissores, inclusive uma versão gratuita, oferecida pelo Sebrae

Outro ponto essencial é o certificado digital, que é o arquivo eletrônico que irá assinar digitalmente sua nota e transmitir para a SEFAZ. Só, então, você terá um retorno da nota contendo a autorização de uso. 

Ufa! Deu pra fazer todos os passos sem confusão? Se sim, agora, você também já está apto a emitir a nota fiscal em São Paulo, seja a sua empresa MEI ou ME. Que você possa emitir muitas notas fiscais, vendendo cada vez mais!

Se você quiser saber mais como emitir nota fiscal, temos outros materiais que podem te ajudar! Confira:

Diferenças entre a nota fiscal do produto e a nota fiscal do marketplace

Como começar a emitir nota fiscal para seu negócio?

Como emitir nota fiscal avulsa?

Compartilhe esse post: