Você conhece o modelo de crédito por maquininhas?

Compartilhe esse post:
crédito por maquininhas - capa

Crédito por maquininhas ou crédito fumaça é um modelo de empréstimo com desconto nos recebíveis das maquininhas de cartão. Saiba mais!

Realizar um empréstimo nem sempre é uma tarefa fácil. Muitas empresas fornecedoras de crédito trabalham de forma burocrática, exigindo muitas garantias que você, pequeno e médio empresário, nem sempre tem como oferecer. Mas calma! Existe uma solução. Você já ouviu falar a respeito do crédito por maquininhas?

Esta é uma opção muito utilizada por empresas que não tem grandes garantias, mas têm um volume mensal considerável de vendas através das maquininhas de cartão de crédito e débito. Não entendeu nada? A gente explica!

Crédito por maquininhas: o que é e como funciona

Primeiro, é preciso entender o que é o crédito por maquininhas (ou crédito fumaça, como também é chamado). Esta modalidade nada mais é do que um empréstimo no qual a empresa credora desconta as parcelas diretamente dos recebíveis das maquininhas de cartão que você utiliza no seu negócio

Aqui, os seus recebíveis se tornam a garantia que você oferece para realizar o empréstimo, o que o torna muito mais acessível a pequenas e médias empresas, além de profissionais autônomos, como MEIs. 

Mas como ele funciona? É simples: a empresa fornecedora de crédito solicita acesso aos dados de transação de cartões das suas maquininhas. Em seguida, ela faz uma análise do seu negócio: o quanto você vende mensalmente, o que é crédito e o que é débito etc. Com base no histórico de dados que você forneceu e nesta análise, ela faz previsões sobre os seus recebíveis futuros. Assim, a empresa consegue decidir se você tem condições de arcar com as parcelas deste empréstimo.

Uma vez que o seu empréstimo é aprovado, é estabelecido, em comum acordo, a taxa de Valor Diário Máximo de Retenção (VDMR). Ela é uma trava que a empresa coloca nos seus recebíveis, estabelecendo um valor máximo que ela pode segurar por um determinado período. Assim, ela decide se quer usá-los para abater a sua dívida ou se eles podem ser repassados ao lojista. Tudo que ultrapassar esta taxa, vai normalmente para você.

Por exemplo, se a sua taxa de VDMR é de R$200,00 ao dia e a sua loja vendeu R$1000,00, a empresa credora poderá decidir se usa esses R$ 200,00 para amortizar a dívida, ou se ele retorna para você. Mas os outros R$800,00 vão normalmente para o seu negócio. Ficou fácil de entender?

crédito por maquininhas - interna

A diferença entre antecipação de recebíveis e crédito por maquininha

Por ser uma modalidade nova de crédito e muitas pessoas ainda ficarem receosas quando falamos de empréstimo, existe uma dúvida muito comum quando se trata de crédito fumaça. São frequentes perguntas como: “isso não seria a antecipação dos meus recebíveis?”, ou “existe diferença de um para o outro?”.

Não, o crédito por maquininha não é antecipação de recebíveis, uma prática muito comum das operadoras de cartão. E existe uma diferença significativa entre uma coisa e outra. Para que você não fique com a mesma dúvida, a gente esclarece!

O crédito fumaça olha para o futuro, fazendo uma previsão do que você ainda vai vender. Assim, ele entende se você poderá arcar com as parcelas que virão do seu empréstimo. Por sua vez, a antecipação de recebíveis olha para o passado, para aquilo que você já vendeu, mas ainda falta receber. E ele te adianta esse valor que tem um limite rígido. 

Onde conseguir o seu crédito?

Muitas empresas credoras já estão disponibilizando o crédito por maquininha, atendendo a alta demanda do mercado por essa modalidade. É importante fazer uma boa pesquisa antes, entender como cada uma trabalha, sua reputação e checar a experiência de outros empreendedores.

Os lojistas que vendem no B2W Marketplace não precisam ir muito longe quando querem contratar um empréstimo. Isso porque eles podem contar com o Crédito Seller, a solução de crédito exclusiva para os parceiros do marketplace e que contam com as taxas mais baratas do mercado. 

Com o Crédito Flex Mais, a nossa modalidade de crédito por maquininha, você investe na sua empresa sem comprometer sua saúde financeira! Aqui, você escolhe a sua VDMR e só precisa usar uma das maquininhas cadastradas há, pelo menos, seis meses e ter, no mínimo, R$ 5 mil de faturamento mensal. 

E mais: até o dia 31/12, está disponível o PEAC das Maquininhas, uma iniciativa do Governo Federal que busca ajudar o Microempreendedor Individual (MEI) ou Micro e Pequena Empresa, disponibilizando empréstimos de até R$ 50 mil, com 36 meses para pagar e taxas de 0,49% a.m.

Nunca foi tão fácil ter crédito para tirar seus planos do papel! Se você já vende no B2W Marketplace, entre em contato conosco e conheça as melhores opções para o seu negócio.

Leia também:

Empréstimo e estratégia de marketing: entenda a relação dos dois no seu negócio!

5 dicas para você negociar melhor com os seus fornecedores

Payback: calcule o período de retorno de investimento no seu negócio

Compartilhe esse post: