Como conseguir linhas de crédito para investir em uma loja pequena?

Compartilhe esse post:
linhas de crédito para empresas

Veja como conseguir linhas de crédito para empresas e investir no negócio!

Você tem uma loja pequena, quer investir nela, mas não sabe como? Pois saiba que é possível conseguir linhas de crédito para empresas de diversos tamanhos, inclusive a sua. 

Muitas vezes esse investimento inicial pode auxiliar na estruturação e crescimento de seu negócio e as taxas para as empresas podem ser bem interessantes e muito mais baratas que os empréstimos para pessoas físicas.

Um ponto importante é pesquisar bem as opções, entendendo todos os prazos e condições de pagamento para escolher a melhor opção para sua empresa.

A seguir, estão algumas opções de linhas de crédito para empresas que você pode utilizar para investir em sua loja:

linhas de crédito para empresas

BNDES 

Com taxas competitivas, o BNDES oferece linhas de crédito especiais para as micro, pequenas e médias empresas, sendo que o empréstimo pode ser orientado pela Taxa Fixa do BNDES (TFB), pela Taxa de Longo Prazo (TLP) ou pela Selic.

A composição dos custos envolve uma destas três taxas de custo financeiro, a taxa do BNDES que está em 1,45 a.a e a taxa do agente financeiro, negociada entre a instituição financeira e o cliente. 

O BNDES possui parceria com grandes instituições como o Banco do Brasil, o Bradesco, a Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco e Santander. Veja a lista completa de bancos com oferta de crédito em parceria com o BNDES.

Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal possui uma linha de crédito especial para o Microempreendedor Individual, devidamente cadastrado no Portal do Empreendedor. 

Além de uma tributação diferenciada, quem formaliza o negócio como MEI conta com isenção de tarifas como a taxa do registro da concessão de alvará, e durante a primeira anuidade (12 meses), com a gratuidade do cartão de crédito, encargos cadastrais e na manutenção da conta corrente.

O MEI pode se informar mais sobre o serviço no SAC Caixa, pelo telefone 0800 726 0101. 

Banco do Brasil

O Microcrédito Produtivo Orientado do Banco do Brasil é uma opção de crédito para trabalhadores informais que faturam até R$30 mil no ano, MEIs (até R$81 mil no ano) e Microempresas (até R$360 mil no ano).

Para a contratação de crédito diretamente com o Banco do Brasil é preciso ser correntista da instituição financeira. Para não correntistas, o crédito pode ser solicitado por meio da parceira Movera.

Banco Bradesco

O Microcrédito Produtivo Orientado Bradesco é disponibilizado para empresas com faturamento de até R$ 200 mil por ano e disponibiliza até R$ 21 mil para investimento no negócio.

O modelo é indicado para quem deseja adquirir bens e equipamentos ou fazer pequenas reformas e ampliações ou até para ser usado como capital de giro.

Banco Itaú

O Itaú Microcrédito está disponível para pequenos negócios e para quem trabalha por conta própria, mesmo sem ter um CNPJ e deseja investir no negócio. O importante é que contratante tenha mais de 18 anos e o faturamento do negócio não ultrapasse R$200.000,00 ao ano.

Esse sistema está disponível hoje nos seguintes locais: Grande São Paulo, Grande Rio de Janeiro, Campina Grande, Fortaleza, Teresina e Montes Claros.

Banco Santander

O banco Santander também possui uma linha de crédito para empresas pequenas e microempreendedores. É o Prospera que tem uma linha de serviços que inclui não apenas o fornecimento de crédito, mas também conta corrente, poupança, seguro, maquininha e outros serviços para quem quer desenvolver o próprio negócio.

O sistema Prospera atende mais de 1500 municípios pelo Brasil.

Crédito Seller

O Crédito Seller é uma linha de crédito especial para lojistas que vendem no B2W Marketplace – Americanas, Submarino e Shoptime. Pensada para auxiliar a expansão dos negócios, possui prazos e taxas para viabilizar os projetos dos parceiros do canal.

É ideal para quem deseja investir no negócio na compra de produtos ou novas linhas, contratação de ferramentas para gerir ou divulgar o negócio e até para negociar melhor com os fornecedores, comprando itens em grande quantidade. Uma vantagem é que o pagamento pode ser feito a partir do faturamento com as vendas dentro do B2W Marketplace.

O que é importante antes de contratar:

  • Levante todos os requisitos e documentações necessárias para contratação do crédito;
  • Analise as taxas e prazos de pagamento das instituições de interesse, além da facilidade de pagamento;
  • Planeje seu investimento: saiba exatamente quanto precisa contratar de crédito e para qual fim – dessa forma você consegue alavancar seu negócio de forma direcionada e com mais chances de crescimento.

Leia também:

Como descobrir qual é o melhor banco para abrir conta MEI?

O que é o Crédito Seller e como o parceiro pode utilizá-lo?

5 erros que o pequeno empreendedor não pode cometer

Compartilhe esse post: