EPIs e produtos para proteger seus colaboradores contra o coronavírus

Compartilhe esse post:
epis

Veja alguns produtos e EPIs que sua empresa pode adotar como medida de proteção durante esse período que estamos vivendo

Em um momento como esse, é importante reajustar algumas coisas em seu negócio, focando em oferecer maior segurança para si e seus colaboradores no ambiente de trabalho. 

Pode ser que você consiga ajustar alguns departamentos de sua empresa para um trabalho home office, mas a operação não pode parar, já que a entrega de muitos itens essenciais para o consumidor depende do trabalho dessas pessoas. Por isso mesmo, é preciso redobrar a segurança das pessoas dentro dos ambientes de trabalho, e alguns EPIs (equipamentos de proteção individual) e produtos podem ajudar nisso. Veja quais são eles:

epis

1) Álcool em gel 70%

O álcool em gel 70% é uma solução recomendada porque é altamente eficiente na destruição de vírus envelopados por uma cápsula de gordura, como é o caso do Sars-Cov-2, causador do coronavírus.

O álcool a 70% destrói a membrana celular externa do vírus por desidratação, sendo que em concentrações mais altas que isso (Ex: 99,6%) a coagulação ocorre de forma muito rápida, sem penetrar no interior da célula do vírus e matá-lo.

Por isso, procure disponibilizar o álcool 70% para seus funcionários e, na falta dele, tome cuidado em oferecer outra variação do álcool que podem dar uma falsa sensação de segurança, mas sem proteger de fato seus colaboradores.

2) Sabonete

O álcool a 70% é ótimo para funcionários que precisem sair às ruas para a entrega de pedidos, por exemplo, porque não terão facilidade de lavar a mão da forma tradicional.

Mas a verdade é que água e sabão são uma das formas mais simples e baratas de matar o vírus. Por isso, não deixe faltar sabonete em seus locais de trabalho para colaboradores que precisam estar na operação e recomende que eles lavem as mãos com frequência ao tocar objetos de áreas comuns (Ex: microondas, cafeteiras, bebedouros, maçanetas e etc).

3) Máscaras de proteção

As máscaras cirúrgicas estão praticamente indisponíveis no mercado nacional e, por isso, a recomendação é deixá-las para profissionais de saúde, que estão em contato direto com doentes e mais expostos a riscos.

Por outro lado, você pode recomendar ou fornecer máscaras de tecido para seus funcionários. Elas podem ser feitas em tecidos como: TNT, algodão ou tricoline por exemplo. O ideal é que as de TNT sejam descartáveis, mas as outras podem ser lavadas e reutilizadas pelos funcionários.

As máscaras de tecido podem ser EPIs muito importantes para operações onde seus colaboradores precisam manter uma proximidade maior a outras pessoas ou fazer entregas de pedidos, por exemplo. 

4) Água sanitária

A água sanitária é outro produto recomendado para proteger seu espaço de trabalho e colaboradores neste momento. Você pode usá-la na limpeza de pisos, alguns objetos de uso comum ou mesmo para higienizar alimentos como frutas, verduras e legumes – caso ofereça almoço aos funcionários.

No caso de alimentos, a proporção é de 1 colher de sopa de água sanitária para cada litro de água. Ou seja, se sua solução tiver 5 litros de água, terá que colocar 5 colheres de sopa de água sanitária. Os alimentos devem ficar mergulhados nessa solução durante 15 minutos e, depois disso, podem ser lavados em água corrente e consumidos normalmente.

Outras sugestões:

Vale lembrar que todos os EPIs e produtos de limpeza citados neste artigo podem ajudar muito na contenção do vírus e evitar que as pessoas se contaminem, mas, tão importante quanto isso, é manter o distanciamento sempre que possível. 

Enquanto os produtos podem evitar a contaminação, manter distância evita que o vírus se espalhe. Por isso, entenda quais colaboradores podem fazer home office, e dos que precisam estar presentes na operação, como é possível realocá-los no espaço de trabalho, para que evitem estar muito perto uns dos outros. O ideal é manter uma distância de 1,5 metros entre cada um.

Com essas medidas, sua empresa terá mais segurança e irá proporcionar um ambiente de maior proteção para seus colaboradores!

Leia também:

Coronavírus: o que o pequeno varejista pode fazer para atravessar esse momento?

Coronavírus: o que o varejista pode fazer para ajudar nessa situação?

6 ferramentas para te ajudar a trabalhar remotamente

Compartilhe esse post: