Como criar uma Política de Privacidade para seu e-commerce

Compartilhe esse post:
política de privacidade

A Política de Privacidade passa maior transparência para seus clientes. Veja como criar uma

A Política de Privacidade é essencial para qualquer e-commerce. Com ela, você comunica como sua loja vai lidar com os dados confidenciais que seus clientes cadastram ao comprar com você.

Além da maior transparência no relacionamento com o cliente, a Política de Privacidade pode ajustar sua loja às legislações nacionais sobre o uso da informação dele coletada na internet. A seguir explicamos mais detalhes sobre a Política de Privacidade, quais informações incluir ao criar a sua e dicas para manter a segurança de seus clientes.

O que é Política de Privacidade?

A Política de Privacidade é uma informação muito importante para todo e-commerce para manter uma relação transparente com o usuário sobre as práticas de segurança na coleta, armazenamento e/ou descarte e uso de informações pessoais.

Ela protege tanto o cliente que sabe como serão utilizadas suas informações, como também o provedor que conta com a aprovação do cliente sobre estes processos.

A Política de Privacidade pode aparecer em algum momento durante o cadastro do usuário, sendo que é preciso que ele aceite as condições do documento para prosseguir com as próximas ações. 

Por que é importante?

Além da proteção que ela oferece a você e seus clientes sobre o uso de informações pessoais e bancárias, a Política de Privacidade está de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, que prevê que as empresas tenham um tratamento especial para as informações de seus clientes.

Em 2014, o sigilo de informações das pessoas foi reforçado com o Marco Civil da Internet, que prevê, entre outros, a proteção da privacidade, dos dados pessoais e da segurança das redes, além da responsabilidade civil dos provedores de aplicações (sites de conteúdo, aplicativos, redes sociais, entre outros) de acordo com suas atividades e obrigações.

O Marco Civil da Internet também estabelece que as usuários precisam receber informações claras e completas sobre coleta, uso, armazenamento, tratamento e proteção de seus dados pessoais.

Em 2018, também foi aprovada no Brasil a Lei de Proteção de Dados na Internet que prevê que as empresas solicitem apenas informações consideradas necessárias para a realização da tarefa que oferecem a quem navega no site, além do usuário poder saber com que finalidade os dados serão usados, e quem vai utilizá-los.

A Lei brasileira é baseada no GDPR, General Data Protection Regulation, Regulamento Geral de Proteção de Dados, criado na União Europeia. As medidas aqui no Brasil devem entrar em vigor agora em 2020, um ano e meio após a publicação da lei. Por isso, além de tomar medidas prudentes com os dados de seus clientes, é fundamental adotar uma boa Política de Privacidade.

O que deve ter em uma Política de Privacidade?

Alguns itens que devem ser mencionados em sua Política de Privacidade são:

  • Dados pessoais – como a empresa trata dados como nome, telefone, e-mail, profissão, RG, CPF, nome de usuário, IP (internet protocol) do computador e outras informações do usuário;
  • Endereço do consumidor – é um dado importante na entrega das mercadorias, mas é importante que ele seja preservado pela empresa;
  • Informações bancárias – será essencial na hora do pagamento, mas é preciso que tudo esteja protegido e criptografado;
  • Padrões de navegação e cookies – é preciso especificar se a empresa utiliza cookies para acompanhar a navegação do usuário e oferecer, por exemplo, publicidade segmentada ao seu perfil de interesse;
  • Histórico de conversas – caso tenha chats e redes sociais, precisa explicar como as conversas são tratadas, se ficam armazenadas e quem tem acesso a elas;
  • Limitações de conteúdo – aqui vale mencionar o que é permitido ou proibido no conteúdo e comentários do site: nudez, material protegido por direito autoral, textos agressivos e preconceituosos, etc.

Neste link você pode ver um exemplo da Política de Privacidade do site Americanas.com,  aqui do Submarino e neste outro link do Shoptime.

Onde inserir a Política de Privacidade?

Uma dica é cadastrar sua Política de Privacidade no espaço de cadastro do cliente.

Você pode, por exemplo, permitir que a abertura de um pop-up para o texto completo e deixar um espaço de check para o cliente preencher caso aceite as regras da Política de Privacidade.

(✔️) Eu li e aceito a Política de Privacidade do site X

Dicas para manter sua Política de Privacidade funcionando:

  • Invista em segurança das informações: algumas ferramentas de segurança são fundamentais para proteger dados de usuários de invasores e hackers. A criptografia de dados (SSL), por exemplo, é uma medida básica que seu e-commerce precisa ter para “embaralhar” informações fornecidas por seus clientes e dificultar o acesso e leitura por invasores;
  • Tenha uma equipe de confiança: é muito importante confiar em sua equipe e quem gerencia os dados de cadastro dos usuários. Por isso, invista em treinamentos de todos os funcionários e tenha uma boa regra de compliance, ou seja, um conjunto de treinamentos para se explicar todas as normas e políticas da empresa com o objetivo de evitar desvios e inconformidades;
  • Controle o acesso às informações: nem todos precisam acessar tudo, é claro. Se você tem um funcionário dedicado ao disparo de e-mails, ele pode precisar de acesso à sua base de clientes. Mas quem não está envolvido nesse processo não precisa (e nem deve) ter acesso a estas informações se não houver necessidade.

Agora, que tal escrever sua Política de Privacidade e começar a ajustar seu negócio para a Lei de Proteção de Dados?

Leia também:

6 dicas para criar um plano de negócios para seu e-commerce

5 passos para criar uma estratégia de vendas campeã no e-commerce

Como adaptar seu e-commerce para vender no marketplace?

Compartilhe esse post: