Crescimento do varejo online e oportunidades no mercado digital

Compartilhe esse post:
varejo online

Conheça as oportunidades do varejo online e como aproveitar o mercado digital

Com a maior inserção do mercado digital no país, facilidade de compra e mais opções de comparação e escolha nas compras pela internet, os e-commerces têm ganhado força nos últimos anos. Só no ano de 2018, conforme dados do E-bit, esse canal registrou um crescimento de 12% nas vendas de bens e consumo em comparação ao ano anterior, ou seja, 2017.

Esse crescimento do último ano não é atípico: o mercado de e-commerce vem aumentando de forma sucessiva nos últimos anos. Expandiu, por exemplo, 8% em 2017 em relação à 2016, 7% em 2016 em relação à 2015. No gráfico a seguir é possível acompanhar toda a variação desse canal ultimamente e a projeção até o fim de 2019.

Vendas Online de bens de consumo (R$ Bi)

Como é possível ver, em 2019, a projeção é que o e-commerce continue crescendo e alcance 15% de alta em relação ao ano anterior. Isso mostra a importância das vendas online no mercado varejista e como os lojistas podem se beneficiar desse canal para conquistar novos clientes e se relacionar com consumidores antigos que agora passam também a frequentar o ambiente digital e comprar pela internet.

O marketplace no mercado de e-commerce

Segundo o 39º Webshoppers esse crescimento do e-commerce em 2018 também reflete a grande ebulição do setor naquele ano, com a entrada de novos players, fusões e aquisições, além da consolidação do modelo marketplace.

O marketplace, por sinal, é um formato de vendas que tem atraído cada vez mais lojistas, já que não exige investimento inicial para começar a vender pela internet. 

Para ficar mais claro, esse canal é um grande e-commerce, com toda a plataforma de vendas já estruturada e muito acesso mensal, que permite que outros lojistas se tornem seus parceiros de vendas. Com isso, eles só precisam cumprir alguns requisitos, fazer um cadastro de parceria, configurar a loja e produtos no site e começar a vender e receber pelas vendas. É só aí, quando isso acontece, que eles começam a pagar uma comissão sobre cada pedido aos marketplaces parceiros.

Com a facilidade de vender nesse canal e a diminuição dos riscos em relação a um e-commerce, onde é necessário investir para depois começar a receber, o marketplace tem expandido nos últimos anos, atraindo cada vez mais lojistas que desejam começar a vender na internet e até mesmo que já vendem em uma loja virtual, mas entendem o potencial desta plataforma de ampliar os canais de vendas do negócio  e, consequentemente, se somar ao faturamento de outras estratégias já existentes.

Como aproveitar o potencial do varejo online para seu negócio?

  • O primeiro ponto é entender que não é possível ignorar a força do mercado digital para o varejo. As pessoas estão mais conectadas, mas não só: elas estão cada vez mais comprando novos produtos pela internet. Por isso, é urgente que sua loja esteja conectada;
  • Depois, é preciso entender que as vendas online não atingem apenas o consumidor mais jovem. Achar que seus clientes mais velhos jamais deixarão de ir à uma loja física para comprar online é um grande erro, já que as pessoas com mais de 50 anos respondem por 29% das vendas pela internet e 66% dos consumidores digitais têm mais de 35 anos (Ebit, 2019);
  • Com essa percepção, é possível escolher como aproveitar as vendas online, se através de um e-commerce ou vendendo em um marketplace. Dependendo da maturidade e receita de seu negócio é indicado utilizar os dois modelos. Mas se você está começando, vale concentrar seus esforços nos marketplaces, que além de serem mais baratos, em alguns casos, ainda poderão oferecer auxílio com dicas e treinamentos para amadurecer suas vendas;
  • Depois de começar a vender, vale seguir a cartilha de vendas do online: se atentar em criar boas ofertas, aproveitar datas promocionais, entregar bem o produto e dentro do prazo. Para quem nunca fez isso, o marketplace também poderá ser uma boa parceria, te ajudando com a logística e mantendo a criação periódica de campanhas que você pode aderir e promocionar seu item.

Seguindo estes passos, fica mais fácil aproveitar o potencial de vendas do varejo online, engajando mais clientes e aumentando o faturamento de seu negócio.

Leia também:

Iniciando as vendas no mercado varejista: dicas e pontos de atenção

Consumidor 4.0 e a importância de buscar novos canais de venda

O que é e como vender no B2W Marketplace?

Compartilhe esse post: