Dia das Mães: dicas para vender seus produtos na data

Compartilhe esse post:
dia das mães - capa

Veja como vender seus produtos durante o Dia das Mães e aproveitar a demanda da data

Leva o casaco”, “você não é todo mundo”, “eu te avisei”… vendo assim, até parece que mãe é tudo igual, não é mesmo? Mas se elas têm os mesmos bordões na ponta da língua, e compartilham de uma intuição afiadíssima assim que ficam grávidas, a realidade mostra que não é bem assim: mães não são todas iguais.

Na hora do presente de Dia das Mães, há quem goste de ganhar perfume, as que curtem um aparelho de jantar, as que gostam de livros, e as que amam um bom game só pra nos ater aqui a alguns perfis. Para quem vende na data, existe um universo de possibilidades – para diferentes categorias – encontrarem o seu tipo de mãe e a melhor forma de se comunicar com essa mulher que se interessa pelo seu produto.

Em 2020, o e-commerce faturou R$5,7 bilhões só com as vendas na data, um crescimento de 116% em relação ao ano anterior (Compre&Confie, 2020). E para os lojistas que desejam participar da divisão desse bolo no próximo ano, é preciso se preparar! Conhecer bem seu produto, que tipo de mãe pode interagir bem com ele e a melhor forma de comunicar seus benefícios para eles, aqueles que de fato vão comprar: filhas, filhos e maridos.

Vendas do Dia dia Mães no último ano

As vendas do e-commerce para o Dia das Mães já vinham crescendo antes da pandemia, mas em 2020, esse número cresceu de forma bem mais expressiva. Com o isolamento, muita gente adotou o meio digital como o canal de compra oficial do presente para a mãe.

O número de pedidos cresceu 123%, o faturamento 116% e os e-commerces mais preparados ampliaram muito o tráfego e surfaram a boa onda de vendas no período. 

Por outro lado, o tíquete-médio, de R$ 396,70, apresentou uma retração de 3% em relação ao ano anterior. As pessoas gastaram um pouco menos, com as incertezas da economia, mas compraram muito mais – pelo menos no online.

Como foi o Dia das Mães em 2020?

Pedidos: 14,4 milhões

Faturamento do e-commerce na data: R$ 5,7 bilhões 

Tíquete-médio: R$ 396,70

Presentes mais comprados

Top 5 categorias em vendas: 
  • Moda e acessórios
  • Beleza, perfumaria e saúde
  • Telefonia
  • Esporte e lazer
  • Informática
Top 5 categorias em faturamento: 
  • Telefonia
  • Eletrônicos
  • Eletrodomésticos
  • Informática
  • Moda & Acessórios

Por quem?

Mulheres: responsáveis por 56,2% dos pedidos

Idade: 26 a 35 anos responsáveis por 32,3% dos pedidos

dia das mães - interna

O que esperar para este ano?

O e-commerce deve manter sua importância na data. Muitas pessoas que quebraram o paradigma de comprar online podem manter a preferência por esse canal, especialmente pela dinâmica do momento atual.

Por isso, quem vende apenas no varejo físico deve planejar formas de aproveitar o potencial das vendas online.

Uma pesquisa da Conversion que analisou 15 categorias do varejo, indicou que 10 deles tiveram crescimento acima de 30% na análise de março de 2021 comparado ao mesmo período de 2020. Alguns destaques são categorias como: importados, casa e decoração e moda e acessórios.

Em relação ao mês de fevereiro, também cresceram categorias como: joias e relógios e cosméticos, segundo a mesma pesquisa.

Estas categorias podem representar boas oportunidades no Dia das Mães de 2021 por conta do crescimento este ano. Mas vale lembrar que são muitos os setores que podem se beneficiar da data, basta criar uma boa estratégia e se planejar!

Expectativas do consumidor:

  • Segundo uma pesquisa da All In, Social Miner e Opinion Box, 66% dos brasileiros pretendem ir às compras durante a data;
  • Além das mães, 20% querem aproveitar as ofertas da sazonalidade para comprar algo também para o cônjuge; 18% para a sogra, 11% para a avó, 11% para si mesmo, e 10% para a irmã;
  • As categorias mais mencionadas pelos clientes são: Beleza e Cosméticos, Moda e Acessórios, Casa e Decoração, Eletrodomésticos e Eletroportáteis e Floricultura;
  • 31% das pessoas pretende investir de R$51 a R$100 no presente;

Vale se atentar:

  • Experiência mobile – 66,5% das visitas do e-commerce nos últimos meses foram por meio de um dispositivo móvel (Conversion, 2021)
  • Conhecimento da marca – 43,4% do tráfego foi direto, portanto ter uma marca conhecida ou vender em uma, através dos marketplaces, pode fazer muita diferença.

Mãe não é tudo igual!

Aqui na B2W Marketplace, sabemos que mãe não é tudo igual e que há espaço para quase todos os nossos lojistas venderem na data, com uma estratégia focada nos perfis que mais se encaixem a seus produtos.

A seguir apresentamos o perfil de mãe e itens que funcionam melhor com cada marca durante o Dia das Mães:

Americanas: mãe camaleoa

A Americanas é uma marca que dialoga bem com diversos tipos de mães. Principalmente, aquela mãe que é “pau pra toda obra”. 

Elas são aquelas mulheres que dividem bem o dia com trabalho, família e casa. São as mulheres que vemos correndo por aí na hora de pegar ônibus e metrô, ou dirigindo o próprio carro. Elas têm uma rotina corrida, mas ainda conseguem guardar um tempo pra elas, comprando uma roupa bonita ou um perfume.

O que ela deseja?

Essa é uma mãe fácil de agradar porque muita coisa pode ser realmente útil para equilibrar sua rotina: uma caixa de chocolate, um livro, uma bolsa, itens de maquiagem, até um relógio com bom custo/benefício, um celular bom e uma TV nova. O foco para essa mãe é a usabilidade do item no dia a dia. Ela topa sim, ganhar itens de decoração, mas não quer nada muito específico, que fique guardado nas gavetas o ano todo.

https://www.americanas.com.br/hotsite/dia-das-maes

Submarino: mãe tecnológica/antenada

Tem muita mãe moderna, das gerações X, Y e Z que vivem atrás de novidades, tecnologia e amam o universo geek. E o Submarino conhece bem essa mulher. 

Elas são leitoras vorazes, que curtem o universo do entretenimento e da internet e não vivem sem um bom notebook e smartphone. O que elas mais querem é uma casa toda inteligente e conectada, assim como elas próprias são.

O que ela deseja?

Para essa mãe, até videogame pode ser um belo presente. Ela ama coisas com botões ou comandos de voz porque ela quer viver com todas as facilidades que a modernidade nos reservou. Notebooks, games, cafeteiras, chopeiras, depilador elétrico, escovas rotativas, fones e caixas de som, câmeras, smartphone, smartwatches e smart TV entram na lista. Mas, também, ela adora tendências de moda e design, e ama coisas irreverentes, seja uma bicicleta retrô, uma vitrola ou uma caneca estilizada.

https://www.submarino.com.br/landingpage/dia-das-maes

Shoptime: mãe dona d̶e̶ ̶c̶a̶s̶a̶  DA casa

Tem a mãe que é dona da casa, isto é, muito além de ficar enfiada o dia todo no fogão, tem uma posição de gerenciar o lar: buscar harmonia, conforto, integração entre a família e, claro, sem jamais esquecer de cuidar de si própria.

São mães modernas, que zelam por si e pela família, com carinho, cuidado e de olho em novidades e soluções práticas para o dia a dia. E o Shoptime é o melhor lugar pra quem deseja vender ou comprar produtos para essa mãe.

O que ela deseja?

Harmonia e bem-estar: essa mãe busca estar bem consigo mesma, com itens de moda e beleza, ela gosta muito de decoração e eletroportáteis para embelezar e otimizar a casa, quer uma boa TV para reunir a família, e um bom smartphone para conversar com os que ama. Enfim, é uma mãe extraordinária, que gerencia tudo, mas tudo mesmo.

https://www.shoptime.com.br/landingpage/dia-das-maes

Agora que você viu como aproveitar o Dia das Mães, que tal começar a vender para todo tipo de mãe nas maiores marcas? Comece a vender na B2W Marketplace!

Leia também:

Como vender na Americanas.com?

O que é preciso para começar a vender no Submarino?

Como faço para vender no Shoptime?

Compartilhe esse post: