O que é seller e quais as responsabilidades dele no marketplace?

Compartilhe esse post:

seller

O seller deve gerenciar pedidos e entrega dos próprios produtos ao vender no marketplace

Seller é o nome dado a todos aqueles que vendem seus produtos no marketplace.

Alguns sellers são varejistas que já possuem um e-commerce próprio, outros vieram de lojas físicas, e há ainda fabricantes e distribuidores que decidiram vender seus produtos diretamente para o consumidor no marketplace. Sim, há pessoas que nunca atuaram no varejo B2C (Business to Consumer) entregando diretamente para o cliente, após atualizarem o negócio para atuar desta maneira.

O objetivo destas indústrias que vendem no marketplace, em geral, é posicionar alguns itens nesta estratégia, enquanto continuam a direcionar outros produtos do portfólio para seus atuais distribuidores. Elas marcam presença digital, conseguem trabalhar melhor uma estratégia de branding (gestão da marca) e fidelizar o cliente final, enquanto continuam suas parcerias estratégicas com revendedores.

A grande vantagem para todos que vendem no marketplace é justamente a possibilidade de ficar mais próximo do cliente final. No caso do B2W Marketplace, por exemplo, estamos falando de sites que recebem 59 milhões de visitas únicas por mês e, por isso, os parceiros conseguem  ter muita visibilidade e oportunidade de aumentar a receita.

Outro benefício que o seller encontra ao vender no marketplace é o investimento controlado, sendo que não há qualquer custo com setup de integração e há apenas um modelo de comissionamento baseado em vendas. Ou seja, quando a primeira unidade de produto do seller for vendida, ele pagará uma taxa de comissão sobre o valor total da venda.

Quais as responsabilidades do seller no B2W Marketplace?

Em linhas gerais, o B2W Marketplace fornece a plataforma de vendas, ou seja a estrutura dos sites Americanas.com, Submarino e Shoptime. Todos eles com um público consolidado e desempenho capaz de suportar grandes operações, com sistema de pagamento, segurança e alto investimento em marketing para ajudar a divulgar ainda mais os produtos dos sites.

Já o seller é responsável pela parte operacional, ou seja, ele continua com o papel de gestor do negócio, cuidando do cadastro da loja e produtos, estoque, pedidos, logística e a parte fiscal.

Confira os itens que o seller precisará gerenciar no B2W Marketplace:

1) Configuração da webstore

O cadastro da própria loja no Portal Parceiro, o módulo administrativo acessado pelo seller do B2W Marketplace. Será preciso descrever a loja e configurar uma imagem com seu logotipo. Quando o cliente acessar o produto, poderá ver que ele é vendido e entregue por sua loja e, além disso, poderá acessar uma página com seus produtos.

2) Cadastro de produtos 

É possível cadastrar seus produtos das seguintes maneiras: de forma manual, de forma massiva (fazendo o upload de uma planilha no Portal Parceiro) ou automatizado por meio de uma integradora, que poderá mapear informações de uma plataforma e-commerce ou ERP. O cadastro dos itens que vende é um dos processos que mais exigem sua atenção, já que existem alguns requisitos que o produto deverá seguir para que seja configurado corretamente.

3) Gestão de estoque

É necessário que o estoque de seus produtos permaneça sob controle. Por isso, você precisa ter atenção para a reposição de produtos. Também tenha muito cuidado para não vender itens que estejam fora de estoque, algo que pode ocorrer se você compartilha seu estoque em outros marketplaces, mas não utiliza uma integradora para centralizá-los.

4) Configuração de preço e frete 

Antes dos itens começarem a ser vendidos pelo B2W Marketplace, será preciso atualizar o preço de cada um e cadastrar uma tabela de frete. Você contará também com o B2W Entrega, a solução de envio da B2W, um serviço exclusivo do nosso marketplace em parceria com os Correios, que te ajuda a vender mais e simplificar a sua operação.

5) Controle de status de pedido e entrega 

Assim que o cliente faz um pedido por seus produtos, essa informação é notificada no Portal Parceiro. Você terá que acompanhá-lo e atualizar os status de separação do pedido, envio da mercadoria e conclusão de entrega. Além disso, você precisará fazer a entrega do produto para o cliente.

6) Comissionamento 

O lojista precisará comissionar o B2W Marketplace caso uma venda seja fechada no canal. Esse valor será descontado na própria plataforma e o seller receberá o montante da venda excluindo a taxa de comissão.

7) Tributação 

Atributação é, por via de regra, do varejista que vende o produto, não sendo possível transferi-la a terceiros. Por isso, o seller precisará ter atenção na hora de precificar os itens que vende pensando nas despesas com tributação, comissionamento e margem de lucro

Quer se tornar um parceiro e vender no B2W Marketplace? Então faça já o seu cadastro

Leia também:

O que é e como vender seus produtos no B2W Marketplace?

O que é marketplace e como ele facilita a venda de seus produtos?

Como emitir um e-CNPJ e assinar seu contrato no B2W Marketplace?

Compartilhe esse post: